"O amor quebra meus ossos e eu rio."

Você me chamou pra dançar aquele dia, mas eu nunca sei rodar. Cada vez que eu girava, parecia que a minha perna sucumbia de agonia. Em cada passo que eu dava nessa dança ia perdendo a esperança. Você sacou a minha esquizofrenia e maneirou na condução. Toda vez que eu errava “cê” dizia pra eu me soltar porque você me conduzia. Mesmo sem jeito eu fui topando essa parada e no final achei tranquilo. Só sei dançar com você. Isso é o que o amor faz.

©